Qual Vacina Dar para Gato Filhote? Descubra Aqui!

A vacinação é o método mais seguro e mais eficaz para proteger os nossos gatos de doenças infecciosas causadas por microorganismos como vírus e bactérias, por exemplo. 

Quando adotamos um gato filhote, a vacinação deve ser uma das primeiras medidas a serem tomadas a fim de garantir saúde, bem estar e qualidade de vida.

E qual vacina dar para gato filhote?

Na verdade, são 2 vacinas, que são a vacina múltipla/polivalente e a vacina contra raiva.

1. Vacina múltipla/polivalente

Existem 3 tipos de vacina múltipla/polivalente para gatos filhotes e a diferença entre elas é o número de doenças que elas geram proteção.

A vacina tríplice gera proteção contra 3 doenças: rinotraqueíte infecciosa felina, calicivirose felina e panleucopenia felina.

Já a  vacina quádrupla gera proteção contra 4 doenças: rinotraqueíte infecciosa felina, calicivirose felina, panleucopenia felina + clamidiose felina.

Por último, a vacina quíntupla gera proteção contra 5 doenças: rinotraqueíte infecciosa felina, calicivirose felina, panleucopenia felina, clamidiose felina + leucemia viral felina (FeLV).

A vacina múltipla/polivalente do tipo tríplice ou do tipo quádrupla deve ser aplicada em gatos filhotes a partir da 9ª semana de idade, em 2 doses, com intervalo de 3 semanas. Após, deve ser realizado reforço de dose única anualmente.

A vacina múltipla/polivalente do tipo quíntupla deve ser aplicada em gatos filhotes a partir da 8ª semana de idade, em 2 doses, com intervalo de 3 semanas. Após, deve ser realizado reforço de dose única anualmente.

2. Vacina contra raiva

A vacina contra raiva deve ser aplicada em gatos filhotes em dose única, entre a 12ª e a 16ª semana de idade. Após, deve ser realizado reforço de dose única anualmente.

Abaixo, segue o protocolo de vacinas para gatos filhotes:

Vacina para Gatos Filhotes

3. Recomendações

Para uma vacinação segura e eficaz, os gatos filhotes devem ser submetidos a consulta prévia com um médico veterinário para avaliação clínica e física e somente animais saudáveis podem ser vacinados. 

Recomenda-se a aplicação da vacina importada pela melhor garantia da sua eficácia. Para saber o motivo, acesse o post “Vacinas Nacionais e Importadas para Cachorros e Gatos: Entenda Definitivamente as Diferenças”.

Após a última dose das vacinas, é necessário aguardar 14 dias para realizar a exposição do seu gato filhote com outro ambiente diferente e com outros animais, pois é o tempo que a vacina leva para montar uma resposta imune adequada!

Uma outra dica é realizar a aplicação da vacina em sua casa por um médico veterinário que atenda a domicílio, visto que os gatos são muito suscetíveis ao estresse causado pelo transporte, mudança de ambiente, barulho e contato com outros animais e pessoas desconhecidas. 🙂

Guia de Vacinação para Cães
Guia de Vacinação para Gatos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Além de um ato de amor, um ato de responsabilidade: assine a única newsletter que vai ajudar você a ser o melhor amigo do seu pet e receba conteúdos diretamente no seu e-mail clicando aqui!